Recentemente, publicamos um artigo falando sobre o AVCB – Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, um documento emitido pelo Corpo de Bombeiros que certifica que, durante a vistoria, a edificação tem todas as condições de segurança contra incêndio previstas pela legislação. Neste artigo, discutimos qual a validade do AVCB, sua importância e quais tipos de edifícios dispensam a vistoria.  

No artigo de hoje vamos falar sobre como funcionam as vistorias. A vistoria só é realizada mediante solicitação do proprietário, responsável pelo uso ou responsável técnico do edifício. No caso de casas de eventos, a solicitação de vistoria deve ser protocolada no Corpo de Bombeiros, com antecedência mínima em relação à data do evento, de acordo com os seguintes prazos:

  • 48 horas para os eventos nos dias úteis
  • 72 horas para eventos nos finais de semana ou feriados

Durante a vistoria serão analisados os seguintes aspectos dos prédios:

  1. Materiais de acabamento e revestimento

O Corpo de Bombeiros irá verificar se todos os materiais usados na construção dos prédios atendem aos Tempos Requeridos de Resistência ao Fogo (TRRF) para que, em situação de incêndio, seja evitado o colapso estrutural por tempo suficiente para que as pessoas possam evacuar o edifício em segurança e o corpo de bombeiros possa dar início às suas operações.

  1. Sistemas de detecção e alarme de incêndio

As centrais de detecção e alarme devem ter dispositivo de teste dos indicadores luminosos, além disso devem estar localizados em locais de fácil visualização. A distância máxima a ser percorrida por uma pessoa, em qualquer ponto da área protegida até o acionador manual mais próximo, não deve ser superior a 30 metros.

  1. Saídas de emergências

Será averiguado o tempo de evacuação do prédio, se os acessos permitem o escoamento fácil de todos os ocupantes e permanece desobstruído em todos os pavimentos. Também será vistoriada a área de refúgio, uma parte de um pavimento separado por paredes corta-fogo e portas corta-fogo, tendo acesso direto cada uma delas a pelo menos uma escada/rampa de emergência ou saída para área externa.

  1. Escada pressurizada

Será verificado se a escada pressurizada está funcionando de maneira devida de acordo com a legislação.

  1. Brigada de Incêndios

A vistoria determinará as condições necessárias para a composição, formação, implantação, treinamento e reciclagem da brigada de incêndio para atuação em edificações e áreas de risco, na prevenção de áreas e primeiros socorros, visando, em caso de acidentes, proteger a vida e o patrimônio, reduzir os possíveis danos à área até a chegada do Corpo de Bombeiros.

  1. Sistema de hidrantes

Todos os equipamentos que fazem parte dos sistemas de hidrantes também serão vistoriados. Incluindo tubulações, bombas de incêndio e reserva de incêndio.

Se você quer aprender mais sobre cada um dos itens citados acima e quais as condições específicas para a vistoria de cada um, participe do nosso curso de Inspeção Predial dos Sistemas de Proteção Contra Incêndio.

Saiba mais sobre o curso aqui

Fonte: CORPO DE BOMBEIROS DA PMESP E UNICAMP